Profissionais de saúde relatam exaustão e até abandono de plantão com a pandemia da Covid-19 no Ceará

 Profissionais de hospitais cearenses e do Serviço Médico de Urgência - SAMU, estão sofrendo exaustão após plantões fora do comum causado pela pandemia do coronavírus. Nunca os profissionais de saúde desta categoria atuaram tanto em busca de ajudar a salvar vidas.

 Uma "fonte segura" relatou à reportagem nesta sexta-feira (21) que em vários municípios cearenses, médicos chegaram a abandonar os plantões após 6 viagens seguidas para transferir pacientes infectados com o vírus para outros municípios, causando stress físico, mental, e abalos psicológicos nos profissionais. Muitas vezes tais médicos enfrentam os plantões vindo de outro plantão no dia anterior, em outras unidades de saúde.

A situação é mais agravante em municípios que estão com maiores índices da Covid-19. Médicos do SAMU teriam chegado aos seus limites de terça para quarta-feira (18), em municípios como Santa Quitéria e Tianguá. "Abandonando mesmo porque não estão aguentando. Tem gente que está entregando a escala porque não aguentam mais", disse a "fonte segura".

NATHAN LOIOLA

Postar um comentário

0 Comentários