Diretores do Hospital São Lucas esclarecem sobre fakenews compartilhadas nas redes sociais

Os diretor geral do Hospital São Lucas, Marcos Granemann, e o diretor técnico João Victor Melo, se manifestaram na manhã desta quarta-feira, 08, sobre a divulgação de vídeos e áudios, compartilhados nas redes sociais, que tem contribuído para causar preocupação a população, mais ainda do que a atual situação dos casos de covid-19 que o mundo inteiro enfrenta.

Um áudio de uma mulher faz alarde afirmando que supostamente todos os funcionários do hospital estão contaminados. “Todos os nossos funcionários usam EPI’s de segurança. Se nós recebermos um paciente aqui que é suspeito, ou que não é, a paramentação, os EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual)  eles estão usando da mesma forma, eles estão protegidos, passando segurança pro paciente e para eles evitar contaminação”, afirma Marcos Granemann. “Não é verdade que nossos funcionários estão todos contaminados”, destaca.

Já o médico Dr. João Victor afirma que o hospital possui pacientes suspeitos de contaminação, e caso confirmado. “A gente separou uma clínica só para esses pacientes, eles ficam em isolamento, todos os funcionários tem EPI’s necessários e exigidos. A gente tem medo que o paciente que realmente precisem do atendimentos não queira vir para o Hospital”, destaca.

Também são compartilhados vídeos de uma mulher que encontra-se internada supostamente em Crateús, onde a mesma afirma estar contaminada. A possibilidade de que o vídeo foi gravado no hospital de Crateús, é negada pelos diretores, a começar pelo local no vídeo, que difere da estrutura do São Lucas.

Sobre a atual situação da pandemia, o médico ressalta a importância da população se cuidar. “Os estudos mostram que realmente estão aumentando as incidência, e aumentando casos suspeitos. Já tivemos óbitos por covid-19 no hospital, mas cabe a gente se preparar. Os casos vão aumentar”.

NATHAN LOIOLA

Postar um comentário

0 Comentários