centered image

Homem que havia sido preso por engano em Ipueiras é solto

 

Carlos Martins de Sousa, 32 anos, residente em Ipueiras, foi preso no dia 15/12, pois contra ele existia um mandado de prisão oriundo da comarca de Sobral pelo crime de tráfico de drogas. 

Ele constituiu Drª Simone Reinaldo como advogada de defesa, e ela conseguiu provar que seu cliente havia sido preso por engano, pois oo mandado de prisão era para outra pessoa que teria falsificado os documentos de Carlos Martins.

 A justiça reconheceu nesta sexta-feira (17), que ele havia sido preso por engano, sendo liberado. Em nota, a advogada afirmou que irá ingressar com ação contra o estado do Ceará, buscado reparação pelos danos sofridos. 

Com Gonçalinho Rodrigues

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem