Aprovado retorno gradual de atividades presenciais no IFCE



O Instituto Federal do Ceará (IFCE) decidiu, na tarde desta quarta, 13/10, pelo retorno gradual das atividades presenciais da instituição, incluindo aulas. A data será deliberada por cada campus, por meio da Comissão Interna de Saúde do Servidor Público (CISSP), considerando, principalmente, os indicadores da respectiva cidade em relação à pandemia de Covid-19. A decisão ocorreu durante a 64ª reunião do Conselho Superior do IFCE (Consup), que, pela primeira vez na história da instituição, foi transmitida ao vivo para toda a comunidade.

Durante a reunião, que pode ser acompanhada pela TV IFCE, no YouTube, foram apresentados os resultados da consulta pública feita junto à comunidade acadêmica da instituição - alunos, responsáveis e servidores - oportunidade em que foram colhidas opiniões sobre a retomada. Também foi detalhado o Plano de Retorno Gradual das Atividades Presenciais. Atualmente, o IFCE está na fase 1 do Plano, em que atividades esporádicas e excepcionais são realizadas presencialmente.

Em caso de avanço para a fase 2, a depender das realidades locais, fica autorizada, por exemplo, a realização de aulas práticas presenciais, de forma escalonada e opcional aos estudantes, e seguindo protocolos de segurança sanitária. A ideia é levar em consideração as especificidades de cada unidade, do contexto da cidade em que está situada, estrutura e indicadores, dando autonomia às comissões internas de saúde. Na fase 3, estão previstas atividades como aulas teóricas e práticas esportivas. A “4” será a total retomada.

“Sabemos que a vacinação tem avançado, mas cada campus tem sua particularidade que precisa ser observada, com segurança”, declarou o reitor Wally Menezes, que presidiu a reunião. Ele citou a utilização de recursos como o ensino híbrido, durante o processo gradual de retomada. “O ensino híbrido é uma necessidade e uma realidade dentro da nossa instituição”, completou, comemorando a realização da primeira reunião do Consup aberta pela Internet: “É essencial para avançar no que consideramos mais valoroso, que é o envolvimento da comunidade nas decisões”.

Consulta

Para planejar o retorno gradual e escalonado às atividades presenciais, o IFCE montou comissões para estudar a melhor e mais segura maneira de ocorrer essa retomada. Antes de finalizar o plano, a instituição abriu consulta pública para ouvir a comunidade acadêmica e avaliar as condições de cada segmento para a volta às aulas presenciais. A participação foi voluntária e o formulário esteve aberto para receber respostas de 29/09 a 05/10.

Foram obtidas 9.195 respostas, das quais 5.990 de alunos maiores de 18 anos; 1.553 de pais ou responsáveis por estudantes menores de idade; 1.042 docentes, e 610 técnicos administrativos. Em todos os grupos, a maioria se mostrou favorável à retomada de forma proporcional e de acordo com o planejamento do campus, havendo condições sanitárias e de infraestrutura.

O relatório completo da consulta pode ser conferido aqui.

Luís Carlos de Freitas - Reitoria

Postar um comentário

0 Comentários