728x90

centered image

Vereador de Fortaleza viaja para Goiás para participar de busca a Lázaro: “Não tô indo pra brincar”



O vereador Inspetor Alberto (Pros), de Fortaleza, viajou para o interior de Goiás para participar das buscas da polícia por Lázaro Barbosa. Conhecido como “serial killer do Distrito Federal”, Lázaro é procurado após matar uma família e aterrorizar moradores durante a fuga.

Nas redes sociais, o vereador conta que já viajaria para a região, mas decidiu adiantar em quatro dias a partida para poder colaborar com as buscas por Lázaro. “Eu não tô indo para brincar, eu tô indo para fazer o que aprendi em mais de 30 anos de polícia”, disse o Inspetor Alberto.

No vídeo, ele mostra estar armado e com munições, fazendo manutenção do equipamento. As imagens foram compartilhadas nas redes sociais no último domingo (20) e a expectativa era de que o vereador chegasse no mesmo dia.

Ainda foragido

Melhor amigo de Lázaro Barbosa, conhecido como "Serial Killer do Distrito Federal", Jorcilei Rosa Sales torce para que o criminoso se entregue às autoridades policiais e acredita ser questão de tempo para isso ocorrer.

"Na hora certa, ele vai a uma delegacia. Vai se entregar sem arma na mão, sem mochila; vai de boa. O tempo de se entregar, quem manda é o cansaço. No dia em que ele estiver exausto, cansado e abatido, vai se entregar, sem precisar usar nenhuma força policial", afirmou Jorcilei em entrevista ao site Metrópoles.

Jorcilei contou, porém, que Lázaro aprendeu a ter "muita agilidade" na prisão de Brasília, onde foi preso em 2009 por roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo. Em 2014, teve a prisão convertida para o regime semiaberto. "Lázaro tem a força de um leão. A gente brincando, ele me ensinava golpe que aprendeu lá dentro da Papuda."

Lázaro é acusado de matar quatro pessoas, balear três, invadir chácaras, fazer reféns e atear fogo em uma casa. A PM informou que ele disparou 15 tiros contra policiais militares de Goiás em Cocalzinho.
“Hipster da Federal” na busca por Lázaro

O policial federal Lucas Valença, que ficou conhecido como "hipster da Federal" quando atuou na Lava-Jato, na escolta do ex-deputado Eduardo Cunha, é um dos 270 agentes que participam da caçada a Lázaro Barbosa Sousa, procurado há 13 dias numa área rural em Goiás.

A informação é do "Correio Braziliense". Segundo o jornal, Lucas chegou à base montada na Escola municipal Alto da Boavista, em Girassol, distrito do município de Cocalzinho, com um uniforme camuflado, como os usados pelas forças de segurança.

Lucas ficou conhecido quando em 2016, quando uma imagem sua na escolta de Cunha viralizou nas redes sociais. Logo as pessoas começaram a chamá-lo de "Gato da Federal" e "Hipster da Federal", por causa dos cabelos presos num coque.

Na última foto postada por ele no Instagram, em 30 de março deste ano, o estilo ainda era mantido.

Yahoo

Postar um comentário

0 Comentários