"Para quem não está contente comigo, tem Lula em 2022", diz Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores nesta 2ª feira (25.mai.2021) sobre as eleições presidenciais de 2022. A uma mulher que cobrou ação mais eficaz contra opositores, o chefe do Executivo respondeu: “Para quem não está contente comigo, tem Lula em 22”.

Bolsonaro falou sobre os cenários para disputa aos governos de São Paulo e do Rio Grande do Norte. “O [ministro Rogério] Marinho lá [no Rio Grande do Norte] é um bom nome, não sei se quer, se quer disputar alguma coisa”, disse.

E completou: “O [ministro] Tarcísio está pensando em ser governador em São Paulo. Eu acho que leva em SP. Um cara competente, mostra serviço, trabalha, é formado pela academia Resende, pelo IME, concursado da Câmara”.

Se for candidato à reeleição, o presidente tem até março de 2022 para se filiar a um partido e assim poder concorrer. Ainda não decidiu para qual sigla vai. Nesta 3ª feira, voltou a dizer que pretende comandar a legenda que escolherá.

“Eu não vejo a hora de decidir o partido, mas não é decisão minha. Se o partido for meu, aceito indicação sua [do apoiador]. Ninguém quer entregar o osso para gente. Querem entregar só o casco do boi, nem um ossinho com tutano querem dar para gente”.

Na conversa com os visitantes do Palácio, o chefe do Executivo disse que prefere ver o seriado mexicano Chaves a assistir à mídia tradicional. “O pessoal gostou do passeio de moto no domingo lá no Rio? Até vi numa TV que filmou o final, começaram a me esculhambar. Não estou preocupado com mídia, não. A gente vê sem querer. Quando não tenho o que fazer, vejo Chaves. Não contavam com minha astúcia”.

Poder 360

Postar um comentário

0 Comentários