Câmara Municipal de Crateús aprova criação de cargo para intérprete de libras para as sessões

A Câmara Municipal de Crateús, por meio projeto de autoria do vereador João de Deus, aprovou  no dia 14/01/21 crianção do cargo de Intérprete de Libras para as sessões da Câmara. Todas as quintas-feiras as sessões são interpretadas em libras, um importante canal comunicativo no acesso à informação da pessoa surda que se comunica por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

As intérpretes de Libras, Neila Marques e Márcia Alexandre (Associação dos Surdos de Crateús- ASCRAT) são os profissionais responsáveis por essa comunicação, possibilitando que as pessoas surdas acompanhem tudo o que está sendo dito ou exibido da mesma forma como os demais, durante as transmissões das Sessões Legislativas e eventos do Poder Legislativo de Crateús, sendo assim, o município é uns dos pioneiros nesse serviço no Ceará. 

 A Língua Brasileira de Sinais é a língua oficial da comunidade surda no Brasil, a partir da Lei 10.436/02, criada para promover a inclusão social dos Surdos. Hoje, aprender Libras é fundamental para o desenvolvimento nos aspectos sociais e emocionais, não apenas dos surdos, mas também de todos que fazem parte do seu convívio.

Já existe a função de Intérprete, na Câmara Municipal de Maracanaú, mas a luta da comunidade surda é para que haja Intérpretes nas repartições públicas.  Crateús também é pioneiro na implantação da disciplina de Libras na grade curricular comum das escolas.


Postar um comentário

0 Comentários