O candidato a vereador de Tamboril, Nonato Portela (PRTB), protocolou através do advogado Dr. Júnior Bonfim, nesta quarta-feira (16), ação de investigação eleitoral contra vereadores e suplentes eleitos filiados ao PDT, do município de Tamboril.

De acordo com a ação, o partido teria apresentado à Justiça Eleitoral, a lista de seus candidatos à eleição proporcional, formada por 9 homens e 4 mulheres, com que teria preenchido o percentual mínimo de 30% de candidaturas do sexo feminino, conforme exigido em lei.

Entretanto, teria deixado de cumprir o percentual obrigatório, uma das supostas candidatas teria praticado “candidatura fictícia”, além de ter renunciado a candidatura, fazendo com que o partido não se enquadrasse mais no percentual mínimo de candidaturas femininas, além da mesma realizar campanha a favor de outra candidata.

A ação requer como punição, o reconhecimento da prática do abuso de poder/fraude na composição da lista de candidatos às eleições, e cassação de todos os registros obtidos pelo partido, tanto dos eleitos quanto dos suplentes.

NATHAN LOIOLA