Wagner defende operação que investiga suspeita de desvio na compra de respiradores

O deputado federal Capitão Wagner usou as redes socais, nesta segunda-feira (25), para defender o operação da polícia federal que investiga a suspeitda de superfaturamento na aquisição de respiradores pela Prefeitura de Fortaleza.

Os aparelhos, que não foram comprados — segundo a gestão municipal –, seriam usados no combate à Covid-19.

Como ele já havia denunciado, a gestão teria comprado o equipamento por R$ 274 mil, enquanto o valor no mercado seria R$ 60 mil.

Confira fala de Wagner

CN7

Postar um comentário

0 Comentários