Vereadores de Ipaporanga emitem nota de repúdio contra medidas do Prefeito Toinho Contábil

O Prefeito de Ipaporanga (PT), Toinho Contábil, contabiliza mais críticas e desaprovação de lideranças políticas locais. Na última quinta-feira, 14, vereadores emitiram uma nota repudiando o decreto do Prefeito do dia 30 de março, em que suspendia o pagamento dos servidores públicos contratados, após “suspensão de efeitos financeiros de contratos”. Resumindo, os trabalhadores contratados da prefeitura ficaram sem receber seus vencimentos em determinado período da pandemia do coronavírus.

De acordo com a nota dos vereadores, “a medida demonstra a total falta de comprometimento da Gestão para com a sobrevivência dos servidores públicos municipais, uma vez que estes encontram-se impossibilitados de arcarem com seus compromissos neste período de crise”.

A nota foi assinada pelos vereadores Maria Auxiliadora Oliveira da Silva, Francisco Antonio Pereira Gomes, Francisco Moacir Bezerra e Agamenon Alves de Almeida.

Apesar da medida da suspensão dos efeitos financeiros ser aplicada no mês de abril, de acordo com a vereadora Sulha, há informações de que algumas pessoas contratadas receberam apenas 50% nesse mês de maio.

Veja a nota dos vereadores na íntegra:

NATHAN LOIOLA

Postar um comentário

0 Comentários