Live vira caso de polícia e é interrompida ao vivo no Piauí

Por conta da distância social promovida contra o coronavírus, lives de artistas do mundo da música viraram febre durante a quarentena e se transformaram em um fenômeno mundial. Aproveitando o momento, o cantor Kaio Stronda realizou a primeira transmissão online na noite da sexta-feira (15/05).

O cantor se reuniu para entreter o seu público com a apresentação online e arrecadar doações para profissionais e entidades filantrópicas que estão ajudando as vítimas da Covid-19.

No entanto, o artista teve que interromper sua apresentação ao vivo, após a chegada da polícia. Durante a transmissão foi possível ouvir a chegada dos policiais no local.

A versão extra-oficial é que os vizinhos da casa de show onde era realizada a transmissão, no Cajuína Show e Eventos, localizado no Morada Nova, zona Sul de Teresina, se sentiram incomodados com o “barulho” da live e resolveram acionar a polícia, que acabou interrompendo o show no meio de sua transmissão.

KAIO SE PRONUNCIOU E CRITICOU GOVERNO
Minutos depois, Kaio Stronda se pronunciou através da conta do Instragram, que tem mais de 60 mil, pediu desculpas ao fãs e criticou o Governo do Piauí pela interrupção na live. De acordo com o artista, a intenção era ajudar piauienses que estavam em situação de vulnerabilidade por causa da Covid-19. Kaio Stronda afirmou que a música não estava alta, mas sim com o “som ambiente”. Ele também pontou que estava em uma casa de shows com acústica.

“Sou um representante do Piauí e estávamos fazendo uma live que já tinha arrecadado mais de R$ 600 reais. Imagina quantas cestas básicas deixamos de ganhar para esse povo? Os PMs nos trataram super bem. Eles vieram por ordem de pessoas grandes aqui do Piauí. Estávamos fazendo uma live todos protegidos fazendo de uma forma solidária”, disse.

O cantor afirmou que na próxima semana voltará a fazer outra live, em um local diferente “onde ninguém possa perturbar”.

Fonte: OitoMeia

Postar um comentário

0 Comentários