Um crime de homicídio ocorreu no final da tarde de quarta-feira, 11, dentro de um bar na Travessa Floriano Peixoto, esquina com a Rua Vicente Alves do Vale, no  Centro da cidade de Tamboril.

Vitima

A vítima foi Pedro de Oliveira Jacaúna Filho, vulgo “Pedim”, 38 anos, morador Campo São Cristóvão, na zona rural. Os suspeito foi identififaco como Bruno Castro Fernandes, 26 anos, morador do centro da cidade.

Vítima e acusado estavam bebendo juntos, quando Bruno desferiu uma única facada no pescoço de “Pedim”, o qual veio a óbito no local.

Após ser comunicada do fato, a Polícia Militar, equipe composta sargento Elison, sargento Wilker, sargento Teixeira e cabo D. Campos, rapidamente saiu em diligências e localizaram e prenderam o suspeito e a arma, uma faca, utilizada no crime.

Bruno concedeu entrevista ao repórter Gonçalinho Rodrigues e revelou a motivação do crime. “Ele a vários dias vinha me provocando, chamando minha mãe de rapariga, e já havia batido na minha cara, então hoje eu planejei matar ele, botei a faca na cintura e fui para o Bar, e se eu não tivesse matado ele hoje, eu mataria em um outro dia. Eu, não estou arrependido, e de fosse preciso mataria novamente. Eu dei só uma facada na garganta dele, foi o suficiente”, afirmou.

Dona Andréia, irmã de “Pedim”, também concedeu entrevista a nossa reportagem e disse:.  “Meu irmão era amigo do Bruno, eles bebiam e usavam drogas juntos. Nós somos de uma família de 9 irmãos, só que a 7 anos atrás Eu tive outro irmão assassinado, e agora mais este outro. O “Pedim”, morava comigo a minha mãe e os outros irmãos no Campo São Cristóvão. Estou muito triste com o que aconteceu, agora é esperar que a justiça seja feita”, disse.

A acusado preso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia civil em Crateús , onde será Autuado em flagante com base no artigo 121 do CPB (homicídio).

Bruno já tem passagem pela polícia pelo crime de assalto.

Repórter: Gonçalinho Rodrigues