IFCE Campus Crateús celebra 9 anos de funcionamento

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará comemorou ontem, 23 de setembro, o aniversário de 9 anos de funcionamento do campus de Crateús e 110 anos da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. A celebração da data reuniu professores, técnicos administrativos, servidores terceirizados e alunos em solenidade realizada no campus.

Celebração marca 110 anos da Rede Federal e 9 anos do campus de Crateús

O diretor-geral, professor Aglodualdo Júnior, relembrou a história da Rede Federal de Educação e destacou a amplitude do ensino que desenvolve. “Em ritmo intenso, os atuais 643 campi pertencentes a 38 Instituições Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, com sua impressionante capilaridade, atendem a mais de um milhão de estudantes e possuem cerca de 80 mil servidores”, informa. O professor lembra que os institutos federais vêm transformando a relação entre o ensino técnico e a formação cidadã e que a interiorização tem sido um marco na democratização da educação. “Atualmente podemos ver filhos de trabalhadores do campo se formando em cursos técnicos integrados e, logo em seguida, buscando formação superior e pós-graduação”, observa.

O professor Francisco Ferreira de Souza, do curso de Letras, resgatou parte da história do campus de Crateús em seu discurso. Ele concorda com professor Aglodualdo: “Acho que o grande impacto dos Institutos Federais no país é o que chamamos de interiorização, não somente do Ensino, mas da Pesquisa e da Extensão”. Francisco lembrou as transformações promovidas no município de Crateús pela atuação do Instituto e destacou sua importância para o futuro, recomendando sua valorização. “Uma instituição de educação, uma vez fincada em uma localidade, é eterna, é para sempre, ela é para todas as gerações”, afirmou.

Compuseram a mesa ainda o técnico administrativo Marcos Lima, coordenador de Assuntos Estudantis; a servidora terceirizada Edileuza Sales; e o aluno Bruno Palhano Ximenes, do curso técnico integrado em Química. A cerimônia contou com a execução do hino nacional brasileiro pelos professores do curso de licenciatura em Música, César Diniz e Matheus Rocha; e com o plantio de duas árvores, símbolos do trabalho duradouro que a Rede Federal desenvolve no país. Os presentes também se confraternizaram com a partilha de um bolo de aniversário.

História

A pedra fundamental do campus de Crateús foi lançada em 2008. A conclusão parcial da obra ocorreu em julho de 2010, na segunda fase do plano de expansão da Rede de Ensino Profissional e Tecnológico promovido pelo governo federal. Uma cerimônia de inauguração coletiva, realizada em Brasília, marcou esse momento. O início das atividades letivas se deu em agosto do mesmo ano, com aulas de nivelamento em Matemática. Já o primeiro dia de aula oficial ocorreu em 22 de setembro, iniciando os cursos técnicos integrados em Química, Edificações e a licenciatura em Matemática.

Hoje o campus conta com cursos técnicos integrado em Química e subsequentes em Agropecuária, Alimentos e Edificação. No ensino superior, possui cursos de licenciatura em Física, Geografia, Letras, Matemática e Música, além de bacharelado em Zootecnia. No âmbito da pós-graduação, oferta cursos de especialização em Ensino das Ciências da Natureza e Matemática, já em sua segunda turma, e Educação do Campo. Neste total, soma mais de 1.100 alunos matriculados, oriundos dos diversos municípios da região dos sertões de Crateús.

Ascom

Postar um comentário

0 Comentários