Seguranças de Bolsonaro são reconhecidos como crateuenses

Pelo menos dois seguranças do Presidente da República, Jair Bolsonaro, foram reconhecidos por crateuenses, como conterrâneos.

Um deles, é identificado como Hermilson, filho de um comerciante da Feira Livre, conhecido como Zé da Ládia.

O outro, é foi identificado como Carlos, neto de um comerciante conhecido como “Zé Valor”.

De acordo com crateuenses que reconheceram os seguranças, ambos atuaram no 40º Batalhão de Infantaria, em Crateús, e foram seguir carreira também no exército, em Brasília, até chegarem no Gabinete de Segurança Institucional, ou seja, trabalham para a proteção de qualquer um que seja Presidente da República.

Carlos
Hermilson

NATHAN LOIOLA

Postar um comentário

0 Comentários