Guaxinim não deve ser levado à festa em Crateús, recomenda Ibama

Promotores de uma festa que acontecerá em Crateús no dia 16 de março e que está sendo anunciada não deverão aceitar a entrada de um animal guaxinim, por recomendação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama).

Animal Guaxinim. (Foto: Creative Commons)

A recomendação, que tem como base a lei de proteção aos animais, se deu após anúncio afirmando que quem levasse à festa o animal, iria ganhar um prêmio de R$ 1000,00.

O empresário que está promovendo o evento, Louro da Cruz, foi esclarecer nesta quarta-feira (20) em programa radiofônico comandado por Conegundes Soares.

“Eu estava cometendo um crime mandando as pessoas pegar o guaxinim”, disse Louro, em mãos a recomendação do Ibama, afirmando que a promoção dos R$ 1000,00 foi cancelada.

O animal é citado em letra de música que se tornou popular nos últimos meses, que tem os dizeres “Agarra o guaxinim, Soltaram o guaxinim”.

Repórter: Nathan Loyola

Postar um comentário

0 Comentários