Nos meses de março e dezembro de 2018, o município de Crateús presenciou entregas de casas à populares nos conjuntos habitacionais Don Fragoso e Vida Nova, graças ao projeto Minha Casa Minha Vida, criado para beneficiar famílias carentes a realizarem o sonho de ter a casa própria.

As famílias conquistaram as casas após inscrições no projeto na Prefeitura do município, em conformidade com os procedimentos habituais.

Entretanto, há denúncias de algumas dessas casas foram vendidas. Diante dessas suspeitas, há informações que a Caixa Econômica Federal já está inteirada do assunto e que foram oficiadas tais denúncias a área competente da Caixa, que deve ter oficiado ao Ministério Público Federal, de acordo com informações obtidas pela reportagem nesta terça-feira (29).

Se de fato forem constatadas vendas, a prática vai contra o regulamento do programa, que só permite a venda da residência após 10 anos do financiamento da mesma, para famílias que ganham até R$ 1,8 mil mensais.

Ainda de acordo com o regulamento, a fim de evitarem irregularidades, empregados da Caixa fazem visitas aos empreendimentos para verificar se quem está ocupando o imóvel é quem foi originalmente beneficiado.

Repórter: Nathan Loyola