centered image

Jovem vem passar férias no Ceará e acaba morta por hemorragia após estupro coletivo



A jovem atleta e jogadora de futebol feminino Maria Erica Alves Messias, 26 anos, teria sido vítima de estupro coletivo na noite do último sábado dia 1º na cidade de Acaraú, litoral oeste do Ceará. A vítima morava há dois anos em Santa Catarina e chegou em Itarema no início do mês de dezembro para passar as férias com a família, ela chegou inclusive a participar de um torneio de futebol feminino realizado no mês passado em Itarema.

Na noite do sábado, dia 1º, a vítima foi na companhia de amigas para uma festa na cidade de Acaraú e lá foi assediada e estuprada por homens desconhecidos. Ao chegar em casa, a jovem não relatou o ocorrido para sua família, porém após se sentir mal foi levada na manhã do domingo (2) ao Hospital Municipal de Itarema Natércia Rios e de lá encaminhada para a Santa Casa de Sobral. Após a realização de exames, foi constatado que haviam introduzido algum objeto na vagina da vítima, ocasionando sérios danos entre a vagina e o útero da vítima, causando a sua morte por hemorragia na manhã de segunda-feira (3).

O corpo da vítima chegou à residência de seus pais na comunidade de Porto dos Barcos, região da praia da cidade de Itarema na tarde desta terça-feira (4), o velório foi realizado durante toda noite sob forte emoção de familiares e amigos. A patroa da vítima veio de Santa Catarina para acompanhar o sepultamento da jovem atleta, que foi realizado na manhã desta quarta-feira (5) em Itarema. Um vídeo em homenagem a vítima foi publicado nas redes sociais.

Não há informações sobre os autores do crime, a Policia Civil abriu inquérito para apurar o crime.

As informações são do O Sobralense

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem