centered image

Ceará vai vacinar crianças contra Covid-19 sem atestado médico, decide comissão


As crianças de 5 a 11 anos do Ceará devem receber a vacina contra a Covid-19 sem a necessidade de apresentar atestado médico. A decisão foi tomada durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é formada pela Secretaria da Saúde do Estado e as secretarias da Saúde municipais das 184 cidades cearenses, nesta terça-feira, 4.

A decisão leva em conta que a vacina para esta faixa etária já foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Para receber o imunizante, a criança deverá estar acompanhada de pais ou responsáveis e apresentar um documento de identificação oficial.

O documento da resolução ao qual O POVO teve acesso é assinado pelo secretário da Saúde do Estado, Marcos Antônio Gadelha Maia, e pela presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems), Sayonara Moura.

É frisado ainda, na resolução, que as crianças devem ser cadastradas para tomar a vacina pelo site Saúde Digital, da Sesa. A partir dos cadastros realizados no site, os municípios receberão as doses necessárias para vacinar a população. A aplicação será feita em ordem decrescente de idade.

O início da vacinação de crianças no Ceará, no entanto, depende da compra das doses específicas para essa faixa etária pelo Ministério da Saúde. O órgão discute, nesta terça-feira, 4, a necessidade de apresentação de prescrição médica para imunização de crianças durante uma audiência pública.

O Povo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem