centered image

Presidente da Unimed afirma que emergências dos hospitais de Fortaleza estão lotadas: “no hospital da Unimed a procura dobrou”

O presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite, gravou um vídeo, onde informa que a emergência do hospital da Unimed não consegue atender com “conforto e agilidade” o grande número de pacientes com sintomas de gripe e em menor proporção com COVID-19. “Vamos ampliar a emergência e a quantidade de médicos de dois para oito profissionais ou mais”, declarou.

Segundo Elias Leite, a emergência atendia no máximo 300 pessoas por dia e na segunda-feira, 27, foram atendidas 630 pessoas, com gripe. “Fomos surpreendidos”, informou. Veja o vídeo: Via Roberto Moreira

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem