centered image

Policiais militares e agentes socioeducativos são presos por sequestro, no Ceará

Três policiais militares e dois agentes socioeducativos foram presos após um sequestro que teve início na madrugada desta quarta-feira (8), em Itapipoca, na região norte do Ceará. Uma mulher, que não é ligada ao sistema de segurança, também foi presa junto aos outros suspeitos. O grupo foi capturado já na capital cearense, quando a vítima foi liberada.
Armas e outros itens utilizados no sequestro foram capturados com o grupo,
em Fortaleza (Foto: SSPDS/Reprodução)

A libertação da vítima, um homem de 37 anos, e a prisão dos suspeitos ocorreu em uma das avenidas do Bairro Barra do Ceará. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) informou que o homem está bem.

Ainda durante a ofensiva policial, foram apreendidas quatro armas, sendo três pistolas e um revólver, munições, balaclavas e o veículo utilizado no arrebatamento.

As informações iniciais apontam que a vítima estava em casa, no Bairro Nova Aldeota, em Itapipoca, quando homens armados invadiram a residência durante a madrugada, renderam o homem e o levaram. Horas após o arrebatamento, já na manhã desta quarta, familiares da vítima passaram a receber ligações com exigências de valores para liberar o sequestrado.

De posse das informações, os policiais civis realizaram diligências e conseguiram encerrar o sequestro na tarde desta quarta-feira.

A ação foi desenvolvida pela PC-CE, por meio do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte (DPJI Norte), da Divisão Antissequestro (DAS), da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e da Delegacia Regional de Itapipoca. A Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) e o Departamento de Inteligência da PC-CE auxiliaram com informações de inteligência.

G1 CE

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem