Subtenente da PM mata jovem a tiros e tira a própria vida após discussão, no Ceará


Um subtenente da Polícia Militar matou a tiros a mulher, de 22 anos, e, em seguida, tirou a própria vida após uma discussão entre em uma residência em Beira D’água, no Bairro São Mateus, em Canindé, no interior do Ceará. O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (10).
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Canindé, apura as circunstâncias do crime.

Segundo a SSPDS, os primeiros levantamentos apontam que, após uma discussão, o policial de 48 anos disparou contra a mulher e depois se matou. Uma arma de fogo foi apreendida na casa onde os corpos foram localizados.

Policiais militares e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local e fizeram os primeiros levantamentos.

Nota de pesar

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) divulgou, na manhã desta segunda-feira (10), uma nota de pesar lamentando o falecimento do subtenente Francisco de Oliveira Souto.

O agente ingressou na Corporação em 20 de setembro de 1993 e estava atualmente lotado na 1ª Companhia do 4º Batalhão Policial Militar, em Canindé.

"O Comando da Corporação se solidariza com a dor dos familiares e amigos, ao tempo em que coloca o aparato da Instituição à disposição", diz um trecho da nota.

G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários