Família de bebê que faleceu em Sobral acusa erros médicos no hospital São Lucas de Crateús; hospital emitiu nota de esclarecimento

 Uma jovem identificada como Fernanda Martins publicou o relato das redes sociais na tarde desta terça-feira (24) que critica procedimentos realizados por obstetra no hospital São Lucas de Crateús que segundo prejudicaram o nascimento de seu bebê. O bebê teria nascido no dia 17, e posteriormente, ao realizar a visita à criança ela teria percebido que o ombro da criança estava inchado e foi informada que a criança tinha quebrado a clavícula, e que deveria ser encaminhada de helicóptero para Hospital Regional de Sobral, sendo que foi transferida no dia 20.

Outro motivo que causou estranheza, conforme o relato, é o atestado de óbito afirmar que o falecimento ocorreu "causa desconhecida". Ao chegar em Sobral ela afirma que os familiares foram informados de que a situação do filho era grave e que deveria ter sido encaminhado à Sobral para ser internado desde o primeiro dia de vida pois a chance de vida seriam maiores.

Em nota, a Sociedade Beneficente São Camilo, que administra o Hospital São Lucas, afirmou que não pode "informar detalhes sobre o caso, tendo em vista se tratar de dados sensíveis", devido à Lei Geral de Proteção de Dados. A nota informa também que "todos os atendimentos foram realizados dentro do que preconiza a literatura médica e que em nenhum momento a paciente e o bebê deixaram de receber assistência médica e de Enfermagem adequada e em acordo com o Ministério da Saúde para o atendimento a gestantes".

Confira o relato da jovem mãe na íntegra:


Confira a nota de esclarecimento da Sociedade Beneficente São Camilo:

Nota à imprensa

O Hospital São Lucas, de Crateús (CE), comunica que devido à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais não pode informar detalhes sobre o caso, tendo em vista se tratar de dados sensíveis.

Entretanto, esclarece que todos os atendimentos foram realizados dentro do que preconiza a literatura médica e que em nenhum momento a paciente e o bebê deixaram de receber assistência médica e de Enfermagem adequada e em acordo com o Ministério da Saúde para o atendimento a gestantes.

De acordo com protocolo de rotina estabelecido por este Hospital será feito levantamento interno para que tudo seja devidamente esclarecido.

O Hospital São Lucas está à disposição dos familiares para mais esclarecimentos e se solidariza neste momento de perda.

Atenciosamente,

Hospital São Lucas

NATHAN LOIOLA



Postar um comentário

0 Comentários