728x90

centered image

Professora leva soco na cara após pedir que homem use máscara em seu local de trabalho


Uma professora foi agredida nesta quinta-feira (24) ao exigir a correta utilização da máscara de um homem que tentava obter informações sobre aulas particulares. O caso aconteceu na Avenida Plácido Castelo, na cidade de Quixadá.

Elielma Rodrigues conta que o agressor pediu pra conhecer o local das aulas de reforço, e solicitou que ele colocasse a máscara no lugar correto. “Imediatamente ele se negou e eu disse que só permitiria a entrada dele com o uso da máscara”, relata.

Segundo a professora, foi o suficiente para ser agredida com um soco no rosto, que a deixou caída e desacordada. "Estou sem chão, apavorada e machucada. Está cada vez mais difícil lidar com o negacionismo das pessoas", ela desabafa. A agressão aconteceu no início da manhã e até o final da tarde de hoje, o agressor ainda não havia sido identificado.

O relato da agressão já foi registrado em Boletim de Ocorrência da Delegacia de Quixadá. Imagens de segurança de imóveis vizinhos estão sendo resgatados para identificá-lo.

CN7

Postar um comentário

0 Comentários