Jovem encontrada morta com tiro de espingarda na zona rural de Tauá


Uma jovem identificada por Juliane Claro Gomes, 18 anos, natural de Tauá, filha de Antônio Gomes de Sousa e Caciana Claro Teixeira Gomes, foi encontrada morte em casa, no início da noite desta quarta-feira (26), ao ser atingida com um disparo de arma de fogo, na localidade de Barreiros, distrito de Inhamuns, na zona rural de Tauá.

Segundo o que foi apurado, a vítima estava em casa na companhia de uma criança, enquanto o marido de nome Fabrício, havia se ausentado para outra localidade, quando os vizinhos escutaram um disparo de arma de fogo e quando foram averiguar encontrararam Juliane já sem vida no quarto da residência próxima a cama do casal, lesionada com um tiro na cabeça disparado com uma espingarda calibre 36.

O caso foi comunicado à Base Avançada do Procidadania do Distrito de Inhamuns, e quando os agentes Erisberto, Alisson e Sousa chegaram no local acionaram a Polícia Civil que deu início às investigações.

A primeira hipótese é que Juliane tenha sofrido um tiro acidental.

O corpo da jovem está sendo conduzido para o IML de Tauá.

Repórter Lindon Johnson


Postar um comentário

0 Comentários