Autoridades de Crateús se reúnem para discutir lockdown

 O presidente da Câmara Municipal de Crateús, vereador Deusimar Ponte (SD), confirmou na manhã desta terça-feira (18), que autoridades do município realizam várias reuniões para discutir a possibilidade de isolamento social mais rígido, como lockdown, que inclui o fechamento também de serviços essenciais como supermercados, farmácias e bancos, podendo funcionar por delivery. Apenas postos de combustíveis poderão funcionar normalmente com exceção de lojas de conveniências.

Na oportunidade o vereador pede compreensão dos comerciantes e população, pois considera o lockdown inevitável.

 "Não é o que a gente queria, mas é necessária a compreensão de todos os comerciantes da cidade, a gente sabe que todos tem compromisso... Se essa medida não for tomada Crateús poderá passar por um momento mais difícil ainda", afirmou o parlamentar.

Ainda de acordo com o presidente da Câmara, o prefeito Marcelo Machado deverá se reunir com secretários de saúde da região para que os municípios contribuam com ações de enfrentamento, e para não atrapalhar o isolamento social em Crateús, levando em conta que o município é pólo da região e recebe diariamente centenas de cidadãos de outros municípios.

A procuradoria do município ainda não deu previsão oficial para quando será emitido o decreto de lockdown, mas de acordo com o vereador, poderá ser inicialmente de 8 dias, podendo ser prorrogado.

NATHAN LOIOLA

Foto: Samila Gomes

Postar um comentário

0 Comentários