Quiterianópolis está sendo penalizada por informação equivocada sobre Covid-19, afirma prefeita

 A prefeita de Quiterianópolis, Priscila Barreto (SD), fez um pronunciamento nas redes sociais na tarde desta sexta-feira (02), para responder informações da imprensa que o município seria penalizado por não atingir a porcentagem necessária de vacinação, o que resultaria que o município não deveria receber novas vacinas. 

"O estado fez uma estimativa que não condiz com a realidade, o estado mandou 1380 doses para população quilombola, sendo que só temos 511, sobrando um total de 869 doses", informou a prefeita. "Quando tivermos essas 869 doses disponíveis vamos aumentar em 4% nossa vacinação, e Quiterianópolis estará a frente", ressaltou.

A gestora afirmou que foi solicitado ao estado através da Secretária de Saúde, que as doses fossem utilizadas em outros grupos, e é aguardado o aval da Secretaria de Saúde do Estado.

Priscila informou também que o Ministério Público do Ceará está totalmente informado sobre as vacinações, inclusive com acesso aos nomes dos vacinados.

A retenção das doses não utilizadas foi determinada pelo Tribunal Regional da 5ª Região (TRF-5).

NATHAN LOIOLA


Postar um comentário

0 Comentários