728x90

centered image

Bolsonaro volta a defender uso de cloroquina contra Covid-19: "por que não tomar?"


 O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender o uso de medicamentos sem eficácia científica comprovada no tratamento contra a Covid-19, em conversa com apoiadores na manhã desta segunda-feira, 1°. “Esses medicamentos - hidroxicloroquina, ivermectina e Annita - não têm efeito colateral. Por que não tomar?”, disse o chefe do Executivo, que também reconheceu o tratamento precoce no combate à doença.

“É um direito do médico trabalhar off-label, né? Quando tem matérias na imprensa que falam que tem tratamento em outros países, a gente manda embaixador confirmar, né. Alguns países têm confirmado tratamento precoce que tem dado certo. O que mandei confirmar agora é Coreia do Sul, que seria com a cloroquina”, declarou.

Bolsonaro ainda deu a entender que a recusa a esses tratamentos seria intencional e em favor do aumento de óbitos pela doença. “Parece que quanto mais morrer, melhor para alguns setores da sociedade brasileira”, declarou ele.

Grande aposta de Bolsonaro contra o novo coronavírus, milhões de comprimidos de hidroxicloroquina permanecem encalhados no Ministério da Saúde e em hospitais de municípios em todo o País. Os medicamentos foram doados pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e pela farmacêutica Sandoz.

Via O Povo

Postar um comentário

0 Comentários