728x90

centered image

Polícia Militar evita que mulher fosse morta pelo companheiro em Ipueiras

A Polícia Militar foi acionada para ocorrência de infração a lei Maria da Penha na tarde de segunda-feira (07) em Ipueiras. Ao chegarem no local, os policiais constataram que um homem identificado como Francisco Adelson Morais da Silva, 19 anos, já conhecido da área policial, estaria torturando sua esposa, Maria Miriam de Sousa Morais, 31 anos.

Os policiais se depararam com a vítima com marcas de sangue e lesionada na cabeça, além de estar em cárcere privado. De acordo com informações, o suspeito ao avistar a chegada dos policiais, teria partido para cima deles com uma faca, sendo que um policial foi lesionado na mão, e ainda conseguiu fugir para o matagal.

Os policiais efetuaram disparo na perna dele, ainda conseguiu fugir mas não resistiu por muito tempo, sendo capturado e levado para o hospital São Lucas em Crateús. Após o tratamento médico, ele foi conduzido juntamente com a vítima à Delegacia Regional de Crateús. Ele foi autuado por tentativa de homicídio, lesão corporal, resistência e violência contra a mulher, e em seguida levada para o presídio.

Na casa do suspeito ainda foi encontrada uma corda pendurada no teto em um quarto, onde possivelmente ele teria planejado assassinar a vítima e enforcá-la para possivelmente simular seu suicídio.

As informações são de Gonçalinho Rodrigues

Postar um comentário

0 Comentários