Prefeito Júnior do Titico decreta emergência em Ipueiras após encontrar "Prefeitura sucateada"

O Prefeito de Ipueiras, Júnior do Titico, decretou estado de emergência administrativa e financeira no âmbito da Administração Pública Municipal, nesta quinta-feira, 07. A justificativa é de que a atual administração se deparou com um total descontrole administrativo, financeiro, contábil e patrimonial. Dentre outros problemas, a atual gestão constatou:

  • Interrupção de serviços essenciais à população, como, por exemplo, a coleta de lixo;
  • Débitos com servidores efetivos e pessoas contratadas de forma temporária;
  • Dívida previdenciária junto ao INSS;
  • Exclusão de arquivos, sistemas e documentos dos computadores das secretarias municipais;
  • Inscrição no CAUC, o que impede o Município de assinar convênios, contratos ou receber repasses voluntários.

O decreto vigorará por 120 dias, permite uma maior celeridade na contratação de serviços e na aquisição de materiais, notadamente para o funcionamento dos serviços de saúde, educação, saneamento e infraestrutura básica.

Postar um comentário

0 Comentários