Eduardo Bolsonaro diz que irá denunciar Cid por tentativa de homicídio contra PMs em Sobral

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou em sua conta no Twitter que irá encaminhar à Procuradoria Geral da República uma petição que busca indicar o Cid Gomes, senador licenciado do Ceará, por tentativa de homicídio. O crime teria sido cometido por Cid, no dia 19 de fevereiro, quando ele dirigiu uma retroescavadeira contra o portão do 3º Batalhão da Polícia Militar do município de Sobral, onde um grupo de policiais militares estavam amotinados, durante a paralisação da categoria que durou 13 dias.

No mesmo post, Eduardo Bolsonaro afirma ainda que irá buscar outras medidas para investigar e punir as ações de Cid. “Além disso estamos estudando medidas a ser feitas no Senado contra o senador, bem como ver se ele estava habilitado a dirigir o trator”, declarou na publicação onde comentava sobre a resposta dada por seu irmão, o vereador Carlos Bolsonaro, a um vídeo publicado por uma pessoa em apoio a Cid. Carlos ainda afirmou que Cid estaria querendo “passar por cima de crianças e mulheres com o pessoal do nariz nervoso e lambedor de beiço do Ceará”.

O Povo

Postar um comentário

0 Comentários