Mesmo com redução no valor, gasolina em Crateús continua com preço médio mais caro do estado

Os condutores conseguiram encontrar gasolina, em média, levemente mais barata neste mês nos postos de combustíveis do Ceará. Segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio no Estado reduziu em R$ 0,08 – figurando a R$ 4,57 – entre a semana dos dias 29 de setembro a 5 de outubro para o período de 20 a 26 de outubro.

Apesar do recuo nos valores, o preço médio estadual ainda é o quarto maior do Nordeste, atrás somente de Bahia (R$ 4,585), Piauí (R$ 4,608) e Rio Grande do Norte (R$ 4,632). A Paraíba foi a unidade federada com o menor valor médio da gasolina nesta semana no Nordeste, a R$ 4,277, segundo a ANP.

Mínimas e máximas

No Ceará, o município de Crateús registrou o preço médio mais caro do Estado, chegando a R$ 4,963. Já a menor média foi observada em Fortaleza, onde, em geral, o litro da gasolina está sendo vendido a R$ 4,543 o litro.

Dentro da Capital, é possível observar valores do combustível que vão de R$ 4,429 a R$ 4,69. O valor mínimo em Fortaleza, na última semana, foi registrado no bairro Conjunto Ceará, enquanto o máximo está em postos da Aldeota e Granja Lisboa.

Diesel

Ao contrário da gasolina, o preço médio do diesel no Ceará apresentou alta de 1,53% no período, chegando a R$ 3,903, de acordo com o levantamento da ANP. A alta, no entanto, pode ser interrompida nas próximas semanas, uma vez que a Petrobras reduziu o preço do diesel para as refinarias em R$ 0,03, configurando recuo de 1,5%. Esta foi a primeira alteração desde o último dia 19 de setembro.

Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários