Justiça determina cassação de mandato do Prefeito de Poranga, Cárlisson Assunção

A Vara Única da Comarca de Ararendá acatou ação do Ministério Público do Ceará, que pedia a cassação do mandato do Prefeito de Poranga, Cárlisson Assunção (PDT). A decisão foi publicada nesta quinta-feira (31/07), e já está acessível no sistema eletrônico do Tribunal de Justiça do Ceará.

A decisão requer que o gestor municipal declare perda do mandato, entretanto, Dr. Cárlisson como é mais conhecido, gravou um vídeo e publicou nas redes sociais, afirmando que está absolutamente tranquilo, e que seus advogados estão trabalhando para reverter a situação, e que não é a primeira vez que passa por isso, e taxa a ação de “perseguição política”.

O gestor afirma que o processo refere-se a eleição de 2008, que quando era candidato a prefeito, colocou o telefone da Câmara Municipal e da Prefeitura, para receber os fax da Justiça Eleitoral, que resultou em processo por Improbidade Administrativa.

Com a perda de mantado, deverá assumir o vice, Carlos Antônio.

Em 2017, Dr. Cárlisson também recebeu a notícia de perda de mandato, por “prática de condutas vedadas aos agentes públicos em campanha eleitoral”, mas coube recurso e o gestor conseguiu reverter a situação.

NATHAN LOIOLA

Postar um comentário

0 Comentários