Nova Russas: estudantes denunciam situação do transporte público universitário

Através de uma rede social, estudantes de Nova Russas (a 303km de Fortaleza) reclamaram da situação do transporte público universitário. Bastou uma publicação do internauta Anderson Alves para que o “post” tivesse dezenas de reações, comentários e compartilhamentos.

Entre as principais reivindicações, estão as péssimas condições de um dos ônibus que faz o traslado Nova Russas-Crateús, destino dos universitários que estudam, em sua maioria, nos campus da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Instituto Federal de Educação (IFCE).

“Falta cinto de segurança e, quando tem, falta a fivela. Falta fiscalização , alunos indo sentados no piso, sem a mínima segurança”, expõe o também universitário, Carlos Eduardo, que relatou, ainda, sobre a superlotação do transporte.

Caso ocorrido

As indignações eclodiram devido a alunos que ficaram na cidade de Crateús no dia 29 de julho, impossibilitados de retornarem à Nova Russas. “Um ônibus que cabe 20 pessoas, eles colocam 30”, diz Anderson Alves, expondo a incapacidade do sistema de transporte atender toda a demanda.

O universitário cobrou uma atitude das autoridades políticas, dando ênfase ao prefeito do município de Nova Russas, Rafael Pedrosa (PMN), e ao deputado estadual Bruno Pedrosa (PP), que possui ligações com a cidade.

“Não adianta a prefeitura ficar apagando meus posts”, denuncia o aluno, dando a entender que há uma tentativa de censura quanto às suas manifestações em rede social.

Secretaria de Educação

Nossa equipe de reportagem tentou entrar em contato com pessoas ligadas à Secretaria de Educação do Município e com a Prefeitura Municipal para se posicionarem sobre o caso e apresentarem possíveis soluções e esclarecimentos. Porém, até o fechamento desta matéria, as nossas ligações não foram atendidas.

(A Notícia do Ceará)

Postar um comentário

0 Comentários