Dentista condenada à prisão por racismo diz que será "vice-prefeita" no Piauí

A dentista Delzuíte Ribeiro de Macedo se pronunciou em suas redes sociais após ser condenada a 2 anos e 7 meses de prisão por injúria racial. A decisão foi do juiz Alberto Bezerra Chagas, da 1º Vara da Comarca de São Raimundo Nonato.

‘’Porque não há quem derrube aquele que é sustentado pela palavra do Senhor…Sustenta mundão, livre, leve e solta. Amparada pela lei, sempre como cidadã. Cirurgia dentista de São Paulo desde 2018 e com cinco advogados. Sustenta São Raimundo Nonato’’, escreveu ela em seu perfil do Facebook.

Em outro trecho da postagem, ela diz: ‘A breve vice-prefeita de São Raimundo Nonato ou candidata a prefeita. Sustenta Piauí porque sustentei os meus B.Os’.

O Ministério Público do Piauí denunciou a dentista por lesão corporal, ameaças, injúria preconceituosa e racismo qualificado. O cumprimento da pena será em regime aberto

A dentista estava presa desde o dia 07 de fevereiro deste ano quando teve o mandado de prisão preventiva cumprido. O juiz Carlos Alberto revogou a prisão e concedeu o direito dela recorrer em liberdade.

MeioNorte

Postar um comentário

0 Comentários