Curso de Sistemas de Informação de Crateús recebe nota 4 de comissão do MEC

Após visita ocorrida nos dias 18 e 19 deste mês, a comissão de avaliadores do Ministério da Educação (MEC) emitiu nota 4, de um máximo de 5, no relatório para reconhecimento do curso de bacharelado em Sistemas de Informação do Campus da Universidade Federal do Ceará em Crateús.

Trata-se do primeiro curso daquele campus a ser avaliado pelo MEC. “Todos ficamos muito felizes. Já é um bom indicador e nos dá esperança de que os outros cursos a serem visitados também recebam esse conceito”, disse a diretora do campus, Maria Elias Soares.

Após a divulgação do relatório, caso a graduação não tenha recurso a apresentar ao MEC – o que se mostra ser a tendência em razão do relatório positivo – e informe essa posição à Coordenadoria de Planejamento e Avaliação de Programas e Ações Acadêmicas (COPAV) da Pró-Reitoria de Graduação da UFC, a informação é repassada pela UFC para o sistema do MEC, que publicará a portaria oficializando a regulamentação do curso. A explicação é da titular da COPAV, Maria do Socorro de Sousa Rodrigues.

O bacharelado em Sistemas de Informação do Campus da UFC em Crateús, autorizado a funcionar em 2014, é oferecido na modalidade presencial com oferta de 50 vagas anuais, tendo atividades nos turnos vespertino e noturno. Conta com um corpo docente formado por 18 professores, sendo 2 doutores e 16 mestres. Prevê um tempo mínimo de quatro anos (8 semestres) e um máximo de seis anos (12 semestres) para integralização.

A coordenação do curso está a cargo do Prof. Arnaldo Barreto Vila Nova, mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O vice-coordenador é o Prof. Allysson Allex de Paula Araújo, mestre em Computação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). A primeira turma colou grau neste ano com um integrante, Francisco Mardônio Vieira Filho, de 21 anos, e a diretora Maria Elias destaca que o concludente “já foi aprovado em cinco seleções de mestrado“.

O curso forma profissionais que irão atuar no “desenvolvimento de soluções baseadas em tecnologia da informação (TI) para os processos de negócio das organizações, assegurando-lhes o suporte necessário para suas operações”. Caberá a eles planejar e gerenciar a informação e a infraestrutura de TI em organizações, além de projetar e implementar sistemas de informação para uso em processos organizacionais. Faz parte ainda das atividades coordenar e supervisionar equipes de trabalho. Em sua atuação consideram a ética, a segurança e as questões ambientais”.

SAIBA MAIS – O Campus de Crateús foi criado na UFC pela Resolução nº 26/CONSUNI, de 14 de dezembro de 2012, e iniciou as atividades acadêmicas no segundo semestre de 2014, com a oferta da primeira turma do Curso de Ciência da Computação. No primeiro semestre de 2015, iniciaram-se as atividades dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Ambiental e Sistemas de Informação. Com a oferta do Curso de Engenharia de Minas, no primeiro semestre de 2016, passaram a funcionar os cinco cursos previstos para a implantação do campus. Atualmente, conta com 438 alunos ativos, 33 professores efetivos e 2 professores substitutos, além de 11 servidores técnico-administrativos.

Diretoria do Campus da UFC em Crateús 

Postar um comentário

0 Comentários