Professores de Crateús aceitam proposta da Prefeitura e greve é evitada

Em Assembleia Geral da categoria na noite de terça-feira, ocorrida na Sede do Sindicato dos Professores de Crateús, (19), os professores chegaram a um consenso com a gestão municipal e aprovaram a proposta da Administração Municipal de ajustar o salário em 6,17%, sendo 4,17% retroativo a janeiro e 2% a partir de dezembro.

Também foi aceita a proposta de ajuste do auxílio transporte e alimentação em 10%. 

As negociações aconteceram entre a presidente do Sindicato dos Professores, Socorro Pires; secretária de educação, Luiza Aurélia; prefeito de Crateús, Marcelo Machado; procurador do município, Emanoel Castro e o assessor jurídico do sindicato, Dimitri Montenegro.

Com a aceitação, o município tem uma desgastante greve evitada, e ganham não só os professores mas os alunos que dependem da educação pública.

Repórter: Nathan Loyola

Postar um comentário

0 Comentários