Parente de jovem crateuense morta no Rio de Janeiro dá detalhes do caso

O repórter Nathan Loyola conversou com um primo da jovem Crislyrrane de Souza Bonfim, 23 anos mais conhecida como Lyrarre, vítima de homicídio a faca ocorrido na manhã de quinta-feira, 13, na cidade do Rio de Janeiro.

A jovem, casada, e mãe de uma filha de três anos, tinha costume de ajudar o suspeito do crime, identificado inicialmente como “Moribundo”, morador de rua das proximidades em que ela vivia, com doações de alimentos e roupas, porém, não era a única a fazer a ação de caridade.

Suspeito do crime, vítima e pessoas que o ajudavam em festa surpresa promovida à ele. Foto: Facebook

“Muitas pessoas do bairro e do mercantil que ela trabalhava ajudavam ele, fizeram uma festa de aniversário surpresa pra ele, o ajudaram a ir até São Paulo para ele conhecer melhor a família dele. Ela ajudou e além dela outras pessoas também ajudaram”, disse. 

COMO ACONTECEU

Ainda de acordo com informações do primo, a vítima estava em seu local de trabalho, quando o morador de rua foi comprar pacote de pães no supermercado que ela trabalhava. Após pagar o produto, sacou uma faca e com apenas um golpe tirou a vida da jovem que estava trabalhando. Após o ato criminoso, o morador de rua foi abordado por populares que também ceifaram sua vida.

Falecimento da vítima é um dos assuntos mais comentados em Crateús. Foto: Facebook

MOTIVAÇÃO DO CRIME

Inicialmente há duas possibilidades da motivação do bárbaro crime, uma é que o criminoso tenha se apaixonado pela vítima, e outra é que ele queria assaltá-la. A vítima talvez tenha alertado o morador de rua para que ele não se apaixonasse por ela, e talvez ele teria tentado assaltá-la no momento em que ela trabalhava. “As informações estão vindo aos poucos”, disse o primo. 

O falecimento da vítima é um dos assuntos mais comentados da cidade. A jovem tinha vários parentes em Crateús. Neste momento, familiares avaliam a possibilidade do translado do corpo à ser velado em Crateús.

Repórter: Nathan Loyola

Postar um comentário

0 Comentários