Três vereadores de oposição se ausentaram de votação da taxa de iluminação em Crateús

O polêmico projeto do reajuste da Taxa de Iluminação Pública de Crateús, enviado à Câmara pela Prefeitura de Crateús, amplamente debatido entre os crateuenses, foi aprovado por 6 votos a favor, com 5 contra, em sessão ocorrida na noite desta terça-feira (27), entretanto, o resultado poderia ser completamente diferente se não fosse a ausência de três vereadores de oposição a gestão Marcelo Machado, sendo eles João Paulo Dantas, Raimundo Lopes e Arimilson Ferreira.

Mesmo vereadores aliados a gestão municipal, como Emerson Coelho e Rondinaldo Gomes votaram contra o projeto, porém, a surpresa maior foi a ausência de vereadores da oposição a gestão, que com seus possíveis votos contra a taxa, o resultado seria o arquivamento do projeto com ampla maioria de votos.

O vereador João Paulo Dantas já havia se manifestado ser rigorosamente contra a taxa, ficando “meio em cima do muro” apenas o vereador Raimundo Lopes, que havia afirmado que poderia votar a favor se o projeto não prejudicasse o povo de Crateús.

Repórter: Nathan Loyola

Postar um comentário

0 Comentários