Top Ads

header ads

Justiça determina que Facebook remova propaganda eleitoral em que Eunício usa Cid, Camilo e Lula


A Justiça Eleitoral determinou nesta quarta-feira, 3, que o Facebook remova publicações com propaganda eleitoral na página do candidato à reeleição ao Senado Eunício Oliveira (MDB), fazendo referência ao também concorrente ao Senado Cid Gomes (PDT), ao governador Camilo Santana (PT) e ao ex-presidente Lula.

Além disso, o juíz José Vidal Silva Neto estabelece a proibição por parte do emedebista de divulgar conteúdo com imagens ou voz de Cid, Camilo e Lula, sob pena de multa R$ 50 mil por veiculação.

"Apresentação de imagens de candidatos que não pertencem ao mesmo partido e nem ao menos estão coligados, gera confusão nos eleitores, fazendo crer que eles seriam aliados políticos", diz o texto da liminar.

A aliança entre Eunício e Camilo é "informal", portanto, eles estão em coligações distintas, mas têm participado de atos políticos juntos.

A representação foi feita pelo candidato ao Senado Eduardo Girão (Pros), relatando desacato à decisão do pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), proibindo o candidato do MDB de usar vozes, imagens ou mesmo menção aos nomes dos candidatos.

O POVO Online entrou com em contato com a assessoria de Eunício Oliveira, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

Foto: Instagram
Fonte: O Povo