Top Ads

header ads

Identificados corpos encontrados em cercado na zona rural de Tamboril

Mateus Rocha de Sousa, 16, uma das vítimas
Investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense levaram à identificação dos dois corpos encontrados, na última terça (09), dentro de um cercado, na localidade de Juazeiro, zona rural do município de Tamboril.

Os corpos estavam enterrados em uma cova rasa, num trecho de difícil acesso e em avançado estado de decomposição. O caso intrigou populares e a própria Polícia, dado que não havia registro de pessoas desaparecidas pela região.

Já em putrefação, os cadáveres foram levados diretamente para a sede da PEFOCE, em Fortaleza, onde chegaram a identificação de Raimundo Nonato Siqueira Braga, 42 e Mateus Rocha de Sousa, 16. Ambos residentes no bairro Jandaiguaba, na cidade de Caucaia, distante mais de 280 km do local do crime.

Mistério
Segundo um tio de Mateus, ele teria saído de casa acompanhado da outra vítima, Raimundo Nonato, na manhã do dia 05 e no domingo (07), falou que iria viajar e desapareceu, sem deixar pistas. Ele chegou a ligar para a família na tarde de sábado (06), afirmando que estava no município de Pentecoste, cercando um terreno e retornaria na segunda.

Raimundo Nonato era mototaxista e também desapareceu sem dar maiores detalhes, assim como a sua motocicleta, que era alugada e até o momento, não foi encontrada. Levantamento feito junto à DHPP mostra que, no passado, ele já havia registrado vários boletins de ocorrência por ameaças.
De acordo com a médica perita que acompanhou o caso, pelas características dos corpos, o adolescente teria sido morto no sábado e o mototaxista na segunda (08). O corpo de Raimundo Nonato foi liberado na segunda passada e a expectativa é para que o de Mateus seja liberado nesta semana.

Outro ponto misterioso nesse crime é que as vítimas não tinham qualquer infinidade, porém, nos últimos cinco dias antes de desaparecerem, passaram a ter um contato bem próximo.

A Polícia Civil de Tamboril permanece no trabalho de investigação, no intuito de identificar a autoria e esclarecer a motivação dessa barbárie.

Repórter: Tiago Rodrigues (AVSQ)