Top Ads

header ads

Causador de acidente que matou estudante em Nova Russas deverá ser solto após fiança

 

[caption id="attachment_8439" align="aligncenter" width="505"] Veículo envolvido no acidente. Reprodução[/caption]

O comerciante Antônio Alves da Costa Neto, 34 anos, residente na Rua João Paulino - bairro Timbaúba - Nova Russas, deverá ser solto após o pagamento de fiança estipulado pela justiça no valor de R$ 32.795,00, o equivalente à 35 salários mínimos.

O valor da fiança foi definido em audiência realizada na manhã desta quinta-feira(29), no Fórum de Nova Russas. Após a audiência, o comerciante retornou para a cadeia desta cidade até que o pagamento da fiança seja efetuado.

Relembre o caso:

Antônio Neto, proprietário de uma distribuidora de água em Nova Russas, envolveu-se em um grave acidente de trânsito ocorrido no início da noite de domingo (25/06), por volta das 18h40min, quando trafegava pela Avenida Dr. Osvaldo Martins, Bairro Timbaúba, nas proximidades do Hospital Municipal, conduzindo um automóvel modelo Toyota Corolla de cor preta, que colidiu com uma motocicleta modelo Honda/CG de cor vermelha, ocupada por um jovem casal de estudantes, identificados como Jaíne da Silva Martins, 20 anos, que residia em Boa Esperança, distrito de Tamboril e José Lucas Camelo Santana, 21 anos, residente na Rua Manoel Saraiva - bairro Progresso em Nova Russas

A vítima Jaíne da Silva Martins morreu quando estava sendo transferida para Sobral. Lucas Camelo, condutor da motocicleta, também foi transferido para Sobral, com traumas graves e está em recuperação. Segundo informações da Polícia Militar, após o sinistro, o condutor do automóvel evadiu-se sem prestar socorro às vítimas e acabou chocando-se com uma árvore em frente a Panificadora Recanto Doce, a alguns metros do local do acidente.

O comerciante foi preso e encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil em Crateús, onde foi submetido ao teste do bafômetro que constatou 1,7mg/l de álcool por ar expelido, e autuado nos Artigos 302 - Homicídio Culposo e 306 - Embriaguez ao Volante, ambos do Código de Trânsito Brasileiro, posteriormente, foi recolhido à Cadeia Pública de Nova Russas, onde está preso até que a sua fiança seja paga. O fato tem gerado muita repercussão em toda região e principalmente nas redes sociais.

Fonte: Denes Lima